Área de Clientes

novo registo
recuperar password
  CARRINHO
0 Item(s) 0 €

 

 

Prémio Escolar Editora de Ciências Sociais 3ª Edição 2018

 

O júri reuniu-se para avaliar e classificar os trabalhos que foram enviados para a edição 2018 do Prémio Escolar Editora de Ciências Sociais.

O júri regozija-se com a excelente qualidade da maioria dos trabalhos, procedentes do Brasil, de Portugal, de Angola e de Moçambique, com grande maioria do Brasil.

Após deliberação, o júri atribuiu a seguinte classificação:

 

Paula Bologna – Primeiro Prémio

Trabalho: Narrativas, “espaço” e dádivas. 

A conformação de um Movimento de luta por moradia

 


 

Mestre em Antropologia Social pela Universidade Federal de São Carlos (2018), graduada em Ciências Econômicas pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2010) e pesquisadora associada do Laboratório de Experimentações Etnográficas (LE-E). Pesquisou as relações políticas, econômicas e simbólicas estabelecidas entre movimento de moradia e poder público na cidade de São Paulo, Brasil.  Trabalha em torno dos seguintes temas: antropologia política, antropologia econômica, narrativas, antropologia engajada, dádiva e relações de troca, coletividades, movimentos sociais de moradia e ocupações. (biografia informada pela autora)

Natureza do Prémio: Publicação pela Escolar Editora, recebendo a autora 10% por cento dos direitos de venda e 10 exemplares. A publicação mencionará a atribuição do prémio pela Escolar Editora.

 

 

Mario Luis Grangeia – Segundo Prémio

Trabalho: Pão nosso, sal deles

Vidas reiventadas de portugueses no Brasil

 

 

Doutor e mestre em Sociologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), especialista em Sociologia Política e Cultura pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-Rio) e bacharel em Comunicação Social/Jornalismo (UFRJ). Analista de comunicação do Ministério Público Federal, foi investigador visitante da Fundação Biblioteca Nacional (Brasil), bolseiro do Centro Nacional de Cultura (Portugal), investigador do Núcleo Interdisciplinar de Estudos sobre Desigualdade (NIED/UFRJ) e repórter da revista Exame e jornal O Globo. Áreas de interesse: Cultura e política; Cidadania; Discurso e memória. (biografia informada pelo autor)

Natureza do Prémio: 30 livros da colecção “Cadernos de Ciências Sociais” da Escolar Editora. 

 

  

Paulo Victor Zaneratto Bittencourt – Terceiro Prémio

Trabalho: A ESTRUTURA, A SOCIALIZAÇÃO, A COMPETIÇÃO: UM ESTUDO SOBRE A POSSIBILIDADE DE UTILIZAÇÃO DA TEORIA DOS JOGOS COMO MÉTODO ANALÍTICO DE TEORIA DE POLÍTICA INTERNACIONAL A PARTIR DA OBRA DE KENNETH WALTZ

 


 

 Bacharel em Relações Internacionais pela Faculdade de Filosofia e Ciências da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp - Campus Marília). Foi bolsista do projeto Babel do Programa Erasmus Mundus, patrocinado pela União Europeia, havendo cursado um semestre da graduação na Lunds Universitet (Lund, Suécia), em 2014. É mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Faculdade de Filosofia e Ciências da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp - Campus Marília), havendo atuado na linha de Relações Internacionais e Desenvolvimento do programa, quando foi bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa no Estado de São Paulo (FAPESP). (biografia informada pelo autor)

Natureza do Prémio: 20 livros da colecção “Cadernos de Ciências Sociais” da Escolar Editora.

  

O júri felicita vivamente os premiados e encoraja a participação na edição deste ano dos cientistas sociais do mundo falante de português.

Acta elaborada a 01 de Março de 2019.

 

O Júri

 

Prof.ª Doutora Patrícia Godinho Gomes

Prof.ª Doutora Teresa Manjate

Prof. Doutor Bento Sitoe

Professor Doutor Carlos Serra

 

As promoções indicadas são exclusivas para o site e válidas até ao dia 31 de dezembro de 2019 salvo indicação contrária